16 março 2016

A CIDADE DO CONTRÁRIO

A cidade do Contrário tem muitas coisas peculiares, segredos que só quem mora lá conhece e outros que basta passar por ela para encher os olhos. 

As estrelas brilham na infinidade do chão e as flores piscam colorindo o céu, as casas são feitas de algodão e os riachos lembram mel. 

As pessoas falam cantando, sorrisos são tão valiosos quanto ouro, a ganância não existe, a amizade perpetua, a alegria resplandece, o respeito é o maior tesouro. 

Os olhares se encontram, todo mundo vive livre, longe de julgamentos e preconceitos, os sonhos são valiosos, coisas boas multiplicam, incentivo vem de gente. 

Em Contrário tem jardins e praças enfeitadas com flocos de neve e velas perfumadas, tem bancos de pelúcia e fadas a passear, a magia encantadora que nunca faz o cupido errar.

A prefeitura é a céu livre, não tem o que esconder, todos passam e perguntam, podem até remexer, mentiras não existem, os habitantes de lá nem sabem o que é enganar.  

Não é difícil encontrar a cidade do Contrário, ela vive escondida bem no meio do seu coração, camuflada por tristeza e escuridão, atiçada por felicidade e satisfação. 



 

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. ooi! Tudo bem?

    Que texto amorzinhoooo <3 ah, como eu queria morar na Cidade do Contrário! De quem é esse texto? Você que escreveu? Se sim, deixar bem claro que eu adorei e que apoio você publicar outros por aqui!

    Beijinhos

    ResponderExcluir

.