02 março 2016

DESAFIO 2/30 - ANIMAL PREFERIDO

Eu não tenho animal de estimação, na verdade acho que nem gostaria de ter, eu não sou muito paciente, amo o silêncio, sou apaixonada pela tranquilidade e gosto mesmo de ficar sozinha. 

Achei que nunca poderia expor minha opinião em relação a isso, pois nunca quis arrumar encrenca, eu respeito opiniões diferentes, mas não sei como as pessoas reagiriam as minhas, que na maioria das vezes são controvérsias, mas já que este é o tema e eu só trabalho com sinceridade, lá vai: 

Eu jamais faria mal a nenhum animal, os respeito do jeito que tem que ser e nunca peço para ninguém prender seu bichinho quando chego na casa deles, afinal, eu sei que eu é que sou a estranha, mas na minha casa eu posso escolher, né? ... No meu espaço eu deveria ser respeitada, mas fico cheia de raiva em não ter animal de estimação, mas meu quintal ter sujeira de gato todo dia, o carro amanhecer cheio de patas.... Uma vez eu estava dirigindo minha moto, daí um cachorro saiu da casa dele e veio correndo em cima de mim, eu parei com tudo, quase caí, levei o maior susto e ainda ouvi da dona se eu não prestava atenção, fui insultada, mas pera aí, quem tava no lugar errado? ... Eu poderia me ferrar que o coitadinho seria o animal, aah não. 

Não gosto dessa história de comparar as crianças também, entendo que existem pessoas que amam seus animais de estimação incondicionalmente, eu fico feliz por essas pessoas existirem e cuidar deles da maneira que eles merecem, mas essa história de "gosto mais de animal do que gente", não é para mim, são amores completamente diferentes. 

Mas, eu não tenho coração de ferro, eu provavelmente não teria paciência para ter um animal, mas acho muito fofo sim, tem uns que perco a respiração de tão engraçadinhos, e respondendo a pergunta, se fosse para eu ter um animal seria um Dálmata, eu gosto da personalidade dele que não sabe a força que tem, muito forte, porém bobão e brincalhão, lindo como um sorvete de flocos.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

.