20 abril 2016

CARTA PARA UM EX AMOR

Sabe, na hora até dói, parecia que não iria aguentar, o coração explode e jorra pelos olhos,não posso acreditar. Desanimo.

Todo aquele tempo de sorrisos, abraços e beijos, promessas pedidos e planos, mas a gente nunca sabe como é que vai acabar o dia, estamos bem e de repente não estamos mais. Discussão. 

Os motivos bobos que procurávamos para ficarmos juntos são os mesmos motivos bobos que arrumamos para separarmos. Solidão. 

Daí, com desanimo, discussão e solidão não faz mais sentido continuar. Dor. 

O que eu preciso? 
Da água quentinha do chuveiro me abraçando e a fumaça dominando o ar, de sentir meu peso cair sobre o colchão e cada centímetro do meu corpo pesar e doer, puxar o ar e sentir o fogo entrar, encaixar no mínimo de espaço possível e chorar. Sofrimento. 

Parece que nunca vai acabar, mas o tempo passa e descobrimos que foi melhor assim. Libertação. 

Vida nova. Re-ânimo. Transformação. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

.