01 setembro 2017

A GAROTA QUE VOCÊ DEIXOU PARA TRÁS

Eu devo ter ido com muita sede ao pote, só pode!
Eu queria tanto tanto tanto ler A Garota que Você deixou para Trás, da Jojo Moyes, que quando finalmente chegou a hora, não tinha mais água no pote.

Eu imaginei algo parecido com "Como eu era antes de você", que é um dos meus livros preferidos da vida, mas acabei me decepcinando, e eu detesto me decepcionar com autores que eu tanto prezo.

Eu queria algo com uma menina que ganhou a vida após ser deixada no passado de alguém, mas a Jojo não tem culpa, essa na verdade é a minha história, eu queria ler algo que se parecesse comigo, mas talvez quem devesse escrever essa história sou eu.

Pois bem, superada a parte que na verdade A garota que você deixou para trás é o nome de um quadro, que a história começa em em 1917 em plena guerra mundial onde a Alemanha tomou a França e tudo que é francês foi tratado como escravo e depois a historia pula para os anos 2000 para contar a história de Liv, que ganhou esse quadro do falecido marido e os franceses aparecem para recuperar o quadro que foi roubado pelos alemães na época da guerra, e a partir daí começa uma nova guerra, mas dessa vez nos tribunais, para descobrir quem era o verdadeiro dono... superado isso eu ainda estava infeliz.

Eu poderia ter me enganado com o tema da história para ser surpreendida por outra história fantástica, mas não, a história além de não me despertar curiosidade pela leitura, ainda teve uma escrita bem massante, isso talvez seja o que mais tenha me decepcionado, não tem problema não ser o que eu imaginava, mas é triste que na minha estante ele vai pra fileira dos livros ruins.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

.