16 outubro 2017

MEUS 15 ANOS

Eu juro que fui pronta pra assistir um filme ruim, por isso que não havia assistido até hoje, tirei sarro quando estava no cinema e meu dedo nunca nem coçou pra clicar nele na Netflix, sempre que alguém comentava sobre esse filme minha reação era:
- Aff....
Mas não sei porque, depois percebi que era só pré-conceito, eu nem sabia sobre o que o filme falava, eu sinceramente achava que era a vida da Larissa Manoela, de quem não sou fã, pelo simples fato que o público alvo dela, não sou eu. 
Daí.... eu descobri que o filme é até bonitinho. 
Perfeito para agradar a moçadinha adolescente, é o típico filme bobinho, mas legal, o tipo de livro que gosto, então porque não em filmes, né? considerando que eu decidi ter 15 anos para sempre haha deve ser por isso que eu até tive uma experiência boa. 

A Larissa vive a Bia, uma garota sem muitos amigos, aquele tipo de garota que se acha transparente e nunca é notada, até ganhar um prêmio que iria mudar a sua vida, não pelo simples fato de se tornar popular, mas pelo fato que ela passa por situações dolorosas que a faz crescer, infelizmente a vida é assim meu povo, a gente só aprende depois de ser exposto a situações desagradáveis, o sofrimento é o último degrau para o autoconhecimento.  

Fora que é uma delícia as memórias que esse filme me causa, como é bom lembrar dos meus 15 anos (os de verdade haha), recordar os momentos, a escola, as pequenas avenuras que pareciam ser enormes haha, meu grupo de teatro, a minha própria festa... aaah que saudades, pena que não foi nessa época que eu aprendi, eu me ralei muito ainda depois disso, sorte da Bia (Larissa) que foi capaz de entender tão cedo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

.